Linha de produção da John Deere será paralisada em Catalão

Uma noticia nada agradável dada pelo presidente do SIMECAT Carlos Albino, é que uma linha de produção da John Deere será paralisada em Catalão, e será levada para o estado de São Paulo.

A transferência de uma das linhas de produção da John Deer será realizada no máximo até o mês de setembro deste ano, com isso causando mais desemprego em Catalão. 
motivo da mudança de parte da fabricação da empresa americana no município de Catalão, é que no estado de São Paulo ficará mais próximo do grande centro canavieiro, onde tem a maior produção de etanol e açúcar do Brasil. 
Em compensação os trabalhadores da John Deere aprovaram, no dia 26 de julho, o acordo coletivo de trabalho 2019/2020. 
A proposta aprovada garante reajuste salarial de 5% para funcionários operacionais e administrativo até a grade 7; e o valor de R$ 307 de reajuste para os funcionários da grade 8 acima, ambos retroativos a maio. 
O piso salarial e o auxílio creche também foram reajustados em 5%. O vale alimentação passa a ser de R$ 400,00, também retroativo a maio, e a jornada semanal de trabalho se mantém em 42 horas. 
A data-base dos trabalhadores é o mês de maio. O índice de reajuste é a reposição da inflação acumulada no período de 12 meses. Após meses de negociação e resistência dos trabalhadores, 
O ACT foi fechado garantindo alguns avanços. Diante do cenário desfavorável para a classe trabalhadora, a luta tem o objetivo de manter o que já foi conquistado no passado.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *