Pré-candidato a prefeito de Corumbaíba é vítima de hacker, os criminosos usavam o IP do seu próprio computador.

O vice prefeito de Corumbaíba, Sebastião Rodrigues Gomes Filho, conhecido popularmente por Rodrigo Cebola é vítima de um crime inusitado, audaciosos hackers usavam o IP do computador do vice prefeito no endereço de sua própria casa para atacar as pessoas, as agressões eram principalmente ao prefeito da cidade. Com isso o prefeito fez ocorrência na delegacia de polícia para que fossem descoberto os autores e que eles sofressem as punições da lei.

No início do mês de agosto o vice-prefeito foi intimado a depor na delegacia de polícia, para dar explicações sobre o fato, após a intimação policial inocentemente Rodrigo Cebola dirigiu até a delegacia local sem saber de que se tratava, ao ouvir o delegado, cebola ficou surpreendido com as acusações que ouviu, ele ficou abalado com a notícia de que o IP do computador que faziam ataques e ofensas a terceiros estava no endereço de sua casa, nas apurações do caso descobriram que os infratores da lei estavam usando o IP de seu computador, os criminosos hackers através WIFI hackearam a internet da casa de Cebola.

Após uma reflexão houve desconfiança, de que tudo era esquematizado de má fé, para prejudicar a grande popularidade de Rodrigo Cebola na preferência do eleitorado para prefeito das próximas eleições, pois ele é o líder absoluto na preferência do eleitorado para prefeito nas próximas eleições de 2020. 

Cebola é um cidadão do bem, como todos que conhecem sabe disso, ele é uma pessoa séria, honesto e sistemático que gosta das coisas certas, além do mais ele é uma pessoa muito ocupada com a grande grade de trabalho, pois ele é professor durante o dia no município de Corumbaíba e ainda trabalha no hospital local e a noite é professor universitário na UNICALDAS da cidade vizinha de Caldas Novas, a 50 KM de Corumbaíba, portanto cebola além de ter bom caráter ainda não tem tempo para tal coisa.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *