Quem faz por merecer recebera na medida e dosagem certa.

Muitos usufruíram do poder e abusaram o quanto pode da influência, foram 20 anos que os mesmos faziam como queria na cidade de Catalão, tudo isso sobre o respaldo de políticos que estavam no domínio estadual, alguns usavam da força para tentar impedir questões políticas, em campanhas eleitorais muitas das vezes cabos eleitorais adversários do poder estadual foram abordados por efetivos, e esses efetivos usando do poder intimidavam os cabos eleitorais tentando de todas as formas para que deixasse o trabalho, por duas vezes uns 3 desses agentes adentraram armados na Câmara de vereadores durante sessão e fora do expediente de trabalho dos mesmos apontando armas para intimidar vereadores a votarem contra o balancete do atual prefeito de Catalão, eram o cumulo do absurdo o tamanho do abuso de poder, muitas outras elasticidades eram praticada por esses servidores da segurança pública paga com o nosso dinheiro.

Segurança pública é para dar segurança para a sociedade em geral e não para atender o patrão, a segurança pública em Goiás estavam um caos, sabemos que existem muitos agentes da segurança pública que são excelentes e não faziam parte dessas desordens, mas alguns sediam se a esse desmando a pedido do patrão e superiores.

Agora alguns desses elementos que muitas das vezes agiam a favor do patrão e não da sociedade estão reclamando por estar sendo transferidos, arrependeram tarde, pois os mesmos deveriam ter pensado antes que ninguém fica no poder o tempo todo e deveriam ter agido imparcial e atendendo toda sociedade com a mesma propositura independentemente de partido político. 


Agentes da segurança pública não podem tendenciar, eles devem atender toda sociedade sem distinção, caso contrário devem ser transferidos mesmo!

Acreditamos que de agora para frente a coisa pública estadual seja moralizada na nossa cidade, pois a coisa pública seja para todos e que não seja usada para beneficiar um grupo de apaniguados e prejudicar outro grupo simplesmente por não concordar com as ideias dos mesmos.

Antes alguns eram transferidos por não querer sair fora do compromisso correto da função e não querer atender algumas ordens perversa do patrão, agora alguns estão sendo transferidos por ter atendido ordens de atrocidades dos superiores.

Não adianta chorar agora, pois é tarde demais, deveria ter pensado antes.

Torcemos que de agora em diante a coisa pública estadual seja igual para todos cidadãos catalanos sem distinção. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *